quinta-feira, 21 de maio de 2015

CPI - Violência contra Jovens Negros e Pobres

Aconteceu na Câmara dos Deputados uma audiência pública da CPI - Violência contra Jovens Negros e Pobres, o objetivo da CPI é fazer um levantamento das causas e consequências da violência ao jovem negro brasileiro.
CLIQUE NA FOTO PARA VER MAIS.
 CLIQUE NA FOTO PARA VER MAIS


terça-feira, 19 de maio de 2015

Indígenas e Quilombolas lotam plenário das comissões na Câmara em Brasilia contra a PEC215

Hoje dia 19 de maio, dezenas de índios e líderes do movimento social organizado lotaram o plenário 12 do Corredor das Comissões da Câmara dos Deputados em Brasilia, para discutirem os efeitos da PEC 215 na sociedade e comunidades indígenas e quilombolas em todo o Brasil. Diversos órgãos de luta pela manutenção dos direitos humanos estavam presentes e se colocaram contrários a discussão e possível votação da PEC 215 nesta casa de leis. Entre os pontos polêmicos desta PEC é a transferência da administração e titularização das terras indígenas e quilombolas passarem a ser de responsabilidade da Câmara dos Deputados e não mais pelo Poder Executivo. Há temores de que caso passe a responsabilidade para a Câmara dos Deputados a bancada ruralista e do agronegócio irão legislar em causa própria dificultando a demarcação das terras das reversas indígenas e também dos quilombolas.

                                          Fotos ©Ògan Luiz Alves














segunda-feira, 18 de maio de 2015

Após um ano fechada devido ao falecimento de seu fundador, o Ilê Odé Dana Dana, reabriu suas portas e funções, agora sob a direção de Pai Kleber de Logun Edé. Fomos convidados para participarmos deste importante momento, o Candomblé ficou sob a direção de Pai Ricardo César com o apoio de PaiIsneilton Porto, os atabaques ficaram sob a responsabilidade de Pai Nita e Pai Todynho, o salão ficou com Pai Alexandre de Ògun, eu (Ògan Luiz Alves) fui representando o FOAFRO. A emoção era visível nos rostos dos filhos e amigos da casa. Pai Kleber disse que reabrir a casa era muito emocionante pois estava dando continuidade ao Àsé que alí fora plantado. ©Ògan Luiz Alves
 Clique aqui e veja mais fotos







quinta-feira, 23 de abril de 2015

CPI da Juventude Negra

CPI da Juventude Negra, com o propósito de levantar as causas, rações e consequências da violência exercida contra a Juventude Negra no Brasil. Fotos: ©Ògan Luiz Alves
 Facebook
















terça-feira, 14 de abril de 2015

"O IGNORANTE SOFRE MENOS"

Uma vez ouvi uma fala de Carlinhos Brown que dizia: "O ignorante sofre menos", na época fiquei puto com ele pois pensava devido às diversas conjunturas do momento que ele estava mesmo que sem querer fazendo apologia ao não conhecimento. Hoje me vejo o quanto estava errado e ele com toda a razão, "O ignorante sofre menos' realmente, pois não se importa com as injustiças, mesmo quando ele é a vítima da mesma, não se dá conta da destruição coletiva à partir do domínio cultural e mental, não se preocupa com o que fizeram com seus antepassados, o que farão com seus descendentes e,tão pouco com ele, pois considera tudo normal ou parte de um processo natural. Não se aborrece com a intolerância, não se incomoda com o racismo, com as diferenças sociais ou com o abuso das autoridades que muitas vezes deveriam ser os primeiros a darem o exemplo. O ignorante rejeita a luta, mas não se incomoda de se beneficiar com os resultados das lutas alheias. Não lhe incomoda o choro dos inconformados e nem o sorriso dos opressores, que se divertem com o sofrimento da sofrida população da periferia. O ignorante é tão desgraçado que chega a rir da própria desgraça e ainda faz piada dela, para quem sabe divertir seus opressores. O ignorante se deleita com as migalhas que caem das mesas de seus senhores, tornaram-se escravos modernos e funcionais. O ignorante repete o discurso de seu opressor, clama por cadeias ao invés de escolas, por policia ao invés de professores, por ditadura ao invés de democracia, por golpe ao invés de voto. O ignorante não se dá conta que ele é a primeira peça a ser descartada assim que os objetivos dos opressores forem alcançados, pois só o aceitam nas ruas gritando contra seus direitos, levantando uma bandeira que não é sua, mas jamais o aceitarão em um banco de universidade com os filhos dos opressores, em um banco de avião ou mesmo lhes atendendo enquanto um doutor com um diploma na mão. O ignorante é um ser funcional, que acorda, vai trabalhar, almoça, vai trabalhar, vai pra casa e amanhã estará fazendo a mesma coisa nesta máquina de moer seres humanos chamada sociedade! Há os que pensam que apenas o governo pratica a corrupção. E há quem se vanglorie de não se meter em política, ©Ògan Luiz Alves

terça-feira, 24 de março de 2015

Hoje, 24 de março, ocorreu na Câmara dos Deputados em Brasília a instalação da FRENTE PARLAMENTAR EM DEFESA DOS POVOS TRADICIONAIS DE MATRIZ AFRICANA, o evento contou com a presença da Sra Nilma Lino Gomes  Ministra de Estado Chefe da Secretaria de Políticas de Promoção da Igualdade Racial da Presidência da República. diversos parlamentares que devido aos trabalhos da casa compareciam falavam de seu apoio à Frente e depois voltavam para os trabalhos nas Comissões, entre os parlamentares presentes tivemos a presença de: Maria do Rosário - Ex- Ministra dos Direitos Humanos da Residencia da Republica, Deputado Bebeto, BA, Deputado Subtenente Gonzaga, Deputado Orlando Silva, entre outros. A mesa foi presidida pela Deputada Erika Kokay, ressaltando a importancia da Frente para a comunidade tradicional bem como todo o movimento negro de todo o país. A mediação ficou por conta da Makota Regina Nogueira. Na ocasião entreguei para a Ministra da SEPIR- PR e para a Presidenta da Frente Parlamentar o pedido de ajuda de Táta Luangomina que sofrera segundo seus relatos atos de intolerância racial e religiosa no Forum de Santo Amaro - BA a manda da juiza daquela Comarca. Mãe Baiana também falou da importancia da sistematização e popularização de um contato direto da Frente para com a população.
Fotos: ©Ògan Luiz Alves


 Clique aqui

 clique aqui

 clique aqui

 clique aqui

 clique aqui





segunda-feira, 23 de fevereiro de 2015

Sacassaia - Boca da Terra (clipe oficial)

Sexta-feira dia 20 de fevereiro no Balaio Café em Brasilia ocorreu o lançamento do clipe da Banda Sacassaia que contou com a participação de Mãe Baiana, seu neto Gustavo, com figurinos de Marta e George e também Renato Matos o reegae man de Brasília.



quinta-feira, 29 de janeiro de 2015

Representantes da Comunidade Afro Religiosa se encontram com representantes do Governo do DF para traçarem ações prioritárias

Hoje dia 29 de janeiro, tivermos a primeira reunião da Secretaria da Mulher, da Igualdade Racial e dos Direitos Humanos com os representantes dos povos de terreiro, estiveram presentes, FOAFRO,Federa Ção, RENAFRO, CEN, ACREMA entre outros ( A REDE SOCIOCULTURAL AFRO BRASILEIRA, não pode estar representada devido a compromissos de Baba Alaíyé). Na reunião discutiu-se as prioridades do segmento, bem como a questão da intolerância religiosa e racial, inclusive no âmbito institucional. Os presentes farão parte de um Grupo de Trabalho que discutirá a questão do mapeamento (Prioridade 0 apontada por todos os presentes), discutiu-se também a capacitação de professores, policiais, agentes de saúde entre outros serviços de prestação pública no sentido da questão racial e intolerância religiosa. N reunião dei a ideia de se incluir o Foafro Val, para que pudéssemos incluir Valparaizo nas discussões a ações, representando Águas Lindas estavam presentes membros da Associação Vida Inteira..Fotos ©Ògan Luiz Alves

https://www.facebook.com/jluiznalves/posts/943683805655944?notif_t=like

Integrantes de entidades afro religiosa se encontram com representantes da Secretaria da Mulher, da Igualdade Racial e dos Direitos Humanos, para definirem as ações prioritárias para a comunidade - Foto: Ògan Luiz Alves

terça-feira, 13 de janeiro de 2015

Enquanto a vida toca vamos nós mesmos fazendo a diferença apoiando o que é belo e construtivo. 
A Cia Semente de Teatro, é uma ideia audaciosa de se levar o teatro para o Gama. o Diretor da Companhia Valdeci Moreira, um sonhador e amante do teatro, montou o projeto que já vem mostrando seus frutos. Já ganharam prêmios, já participaram de festivais de teatro levando o nome do Gama e Brasília à outros cantos do Brasil e isto sem alguma ajuda de entidades privadas ou governamentais. recentemente ganharam um espaço que estava abandonado para que fizessem a reforma do mesmo e o utilizassem enquanto oficina de teatro e um teatro de bolso, os membros da Cia Semente deTeatro, irão promover outras oficinas também no local. Mas para que o projeto de andamento será necessário a participação popular com doações para que se cubram as necessidades da finalização da obra. Valdeci é professor e tem dedicado seu tempo livre das salas de aula para a realização do projeto e é ele também que com seu salário estava pagando as custas da obra do projeto, mas com o atraso dos salários, muito foi comprometido. Eu conheço o trabalho da equipe e por isso posto aqui as fotos do local e também o pedido de ajuda para a conclusão da obra. Lembro também que a Cia Semente de Teatro, é composta por Marli Trindade que administra os trancos e por Pai Ricardo César, que além de Babáàlórísá é também Professor e Diretor de Teatro, portanto é gente nossa fazendo a diferença e mostrando a que veio. É de fundamental importância a participação de nossa comunidade na realização deste processo. Os contatos estão na foto das necessidades do grupo, portanto participem vamos dar aquele Axé para o nosso povo que realiza. Ògan Luiz Alves









Leia aqui as necessidades do Grupo e coo pode ajudar.

Free Blog Counter